mamoplastia

A Mamoplastia é uma cirurgia realizada para  obter um formato mamário mais jovial através de um melhor tamanho que harmonize  com a sua estrutura física, com melhor posição das aréolas, preenchimento do pólo superior ou seja uma mama mais alta.

TIPOS DE MAMOPLASTIA

A Mamoplastia  quando tem a finalidade de reduzir o peso mamário é conhecida como mamoplastia redutora e existem várias técnicas criadas após a técnica inicial do professor Ivo Pitanguy . Cada uma levando em conta a quantidade de glândula e tecido gorduroso que a paciente apresenta . Dependendo da quantidade de pele que deve ser retirada a cicatriz resultante será maior ou menor  e  em forma de um “T” invertido . As aréolas também são diminuídas e moldes específicos a deixaram mais redonda .

• A Mamoplastia quando tem a finalidade de elevação da mama é conhecida como Mastopexia, que é  a fixação da mama em local mais alto . Dessa forma a retirada de pele é menor e a cicatriz resultante menor que uma mamoplastia  e poderá ser em formato de “ T” invertido, em “pirulito” , ou em “L” .

Muitas vezes a mamoplastia realizada em pacientes com tecido gorduroso maior que glandular necessitam de uma prótese pequena para melhorar a sustentação e formato mamário e isto deverá ser discutido na consulta com os prós e contras discutidos previamente.

AUMENTO DE MAMA


Se você está insatisfeito com o tamanho da sua mama, a cirurgia de aumento de mama é uma opção a ser considerara. O aumento de mama pode: • Aumentar o tamanho e projeção de seus seios,
• Melhorar o equilíbrio de seu corpo,
• Melhorar a sua autoestima e autoconfiança. Os implantes também podem ser utilizados para reconstruir a mama após a mastectomia ou lesão.




REDUÇÃO DE MAMAS


Seios excessivamente grandes podem causar, em algumas mulheres, problemas emocionais e de saúde. O peso do tecido mamário em excesso pode prejudicar sua capacidade de levar uma vida ativa. O desconforto emocional e o autoconhecimento, muitas vezes, associados a seios grandes e caídos, é um problema para muitas mulheres, pois podem causar desconforto e dor.




ESTEJA PREPARADO PARA DISCUTIR


• A razão pela qual quer fazer a cirurgia, suas expectativas e o resultado desejado;
• Condições médicas, alergia medicamentosa e tratamentos médicos;
• Uso atual de medicamentos, vitaminas, medicamentos naturais, fumo, álcool e drogas;
• Cirurgias prévias. mulheres que já possuem prole constituida são as melhores candidatas, pois pode haveR diminuição ou até mesmo impossibilidade de amamentação . Pacientes com acompanhamento do mastologista frequente e com a indicação do mesmo com análise do risco de CA de mama através de exames de imagem frequentes, histórico e estudo genético preventivo para cada mama.




PREPARAÇÃO PARA A CIRURGIA


Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

• Fazer exames de laboratório ou avaliação médica;
• Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais;
• Parar de fumar bem antes da cirurgia;
• Evitar tomar aspirina, anti-inflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.
A decisão de se submeter à cirurgia é pessoal e é você quem terá de decidir se os benefícios atingirão os seus objetivos e se os riscos e complicações potenciais da cirurgia são aceitáveis. O cirurgião plástico e/ou assistentes irão lhe explicar, em detalhes, os riscos associados à cirurgia. Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais. CUIDADOS PRÉ OPERATÓRIOS: Além dos exames pré operatórios normais, a paciente dever ter uma autorização do seu mastologista para a cirurgia, exames de imagem como ultrassonografia mamária e mamografia quando indicadas para idade e tamanho da mama. Peso ideal. POS OPERATORIO: A PACIENTE DEVERA ESTAR CIENTE QUE : Repouso com os braços por 3-4 semanas. Atividade física começa a ser liberada a partir do 1º Mês. Exercicios com pulos somente a partir do 3º Mês. Evitar sol e calor direto na regiao mamaria. Uso de sutiã específico para facilitar a troca e curativos por no mínimo 1 mês Uso de placas de silicone nas cicatrizes até o 3º Mês.




O QUE ESPERAR DA CIRURGIA


O sucesso e a segurança do procedimento cirúrgico dependem de sua sinceridade durante a consulta. Você será questionado sobre sua saúde, desejos e estilo de vida.




INSTRUÇÕES ESPECIAIS


PERGUNTE AO SEU CIRURGIÃO: • O que fazer na noite anterior e na manhã da cirurgia (tempo de jejum, medicamentos, banho);
• O uso de anestesia durante o procedimento;
• Cuidados pós-operatórios. VOCÊ PRECISARÁ DE AJUDA Não deixe de pedir a alguém que o acompanhe e que fique com você pelo menos a primeira noite após a cirurgia. FAÇA PERGUNTAS É muito importante que você tire todas as suas dúvidas diretamente com o cirurgião plástico sobre o procedimento cirúrgico. É natural que sinta um pouco de ansiedade, seja expectativa com o resultado ou estresse pré-operatório. Não tenha vergonha de discutir estes sentimentos com o cirurgião plástico. SEJA CUIDADOSO Seguir as recomendações de seu médico é fundamental para o sucesso da cirurgia. É importante que as incisões cirúrgicas não sejam sujeitas à força excessiva, à escoriação ou ao movimento durante o período de cicatrização. VOCÊ RECEBERÁ INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS, INCLUINDO Como cuidar de suas orelhas após a cirurgia, os medicamentos que têm de aplicar ou tomar por via oral para ajudar na cicatrização e reduzir o risco de infecção, e acompanhamento pós-operatório com o cirurgião plástico. AO RECEBER ALTA Se você sentir falta de ar, dores no peito ou batimentos cardíacos anormais, procure atendimento médico imediatamente. Se algumas destas complicações ocorrerem, você pode precisar de internação e de tratamento adicional. A prática da medicina e da cirurgia não é uma ciência exata. Apesar de serem esperados bons resultados, não há garantia. Em algumas situações, pode não ser possível atingir ótimos resultados com um único procedimento cirúrgico, sendo necessária uma nova cirurgia. SUA SATISFAÇÃO VALE MAIS QUE OS CUSTOS DA CIRURGIA Ao escolher um cirurgião plástico para a cirurgia, lembre-se de que a experiência do cirurgião e seu bom relacionamento com ele são tão importantes quanto o custo final da cirurgia.




MASTOPEXIA


Os seios da mulher muitas vezes mudam com o tempo, perdendo sua forma jovem e firmeza. Estas alterações e perda da elasticidade da pele podem ocorrer devido a:

• Gravidez;
• Amamentação;
• Oscilações de peso;
• Envelhecimento;
• Gravidade;
• Hereditariedade.
Às vezes, a aréola torna-se alargada ao longo do tempo, e a mastopexia poderá reduzi-la. O procedimento pode ter um caráter rejuvenescedor, já que o perfil conseguido no pós-operatório é o de uma mama jovem e firme. A cirurgia não altera, significativamente, o tamanho dos seios ou preenche a parte de cima da mama (colo). Se você quiser ter mamas mais volumosas, considere a cirurgia de aumento. Se desejar seios menores, considere a combinação de elevação da mama e cirurgia de redução.




POSSÍVEIS RISCOS DA CIRURGIA


• Cicatriz desfavorável na mama,
• Sangramento (hematoma),
• Infecção,
• Má cicatrização das incisões,
• Alterações de sensibilidade do mamilo ou da mama, que podem ser temporárias ou permanentes,
• Riscos da anestesia,
• Contorno e forma da mama irregularidades,
• Descoloração da pele, alterações da pigmentação, inchaço e hematomas,
• Danos em estruturas mais profundas tais como nervos, vasos sanguíneos, músculos e pulmões – de forma temporária ou permanente,
• Alergia ao material do curativo, ao fio de sutura, a colas, aos derivados do sangue, a medicações tópicas ou injetadas,
• Assimetria da mama,
• Necrose do tecido adiposo (necrose gordura),
• Acúmulo de líquido (seroma),
• Rigidez excessiva do peito,
• Possibilidade de perda parcial ou total do mamilo e da aréola,
• Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares,
• Dor, que pode perdurar,
• Possibilidade de novo procedimento cirúrgico (retoque).




É INDICADA PARA MIM?


É um procedimento individualizado e você deve fazê-lo para si mesma, não para satisfazer os desejos de alguém ou para tentar se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.




SERÁ UMA BOA OPÇÃO PARA VOCÊ SE


• Você estiver fisicamente saudável e mantiver um peso estável,
• Você não fuma,
• Você tem expectativas realistas,
• Você está incomodada com a sensação de que seus seios perderam forma e volume,
• Seus seios têm forma alongada ou estão pendentes,
• Quando não sustentado, seus mamilos se posicionam abaixo do sulco da mama,
• Seus mamilos e aréolas apontam para baixo,
• Você tem pele flácida e aréolas alargadas,
• Uma das mamas é mais baixa que a outra.




RESULTADOS


O resultado final de sua mama aparecerá ao longo dos meses, com a forma e a posição da mama mais agradáveis. As cicatrizes são permanentes, mas, na maioria das vezes, melhora significativamente ao longo do tempo. Com o tempo, seus seios podem continuar a mudar devido ao envelhecimento e à gravidade. Os resultados permanecerão mais tempo se:
• Mantiver o peso,
• Mantiver estilo de vida saudável.





©  Todos os direito reservador. Dr. Eugêncio Cação - Criado e elabora por Adriana Cruz      (13) 97403-7286 - www.adrianacruzdesigner.com.br